Pesquisar este blog

Carregando...

25/11/12

O PREÇO DO ADULTÉRIO ESPIRITUAL


O meu Deus os rejeitará, porque não o ouvem; e desocupados andarão entre as nações.
Oseias 9.17


Durante 60 anos, Oseias profetizou contra o reino do Norte, que era composto por 10 das 12 tribos e chamado pelo nome de Israel, ou Samaria, sua capital, ou ainda Efraim, a tribo principal. A nação estava no ápice da prosperidade, a qual foi alcançada nos dias de Jeroboão II; porém, recebeu uma dura profecia proferida pelo profeta conforme o Senhor lhe ordenara. Por não ouvir a voz de Deus, aquele povo amargaria um destino infeliz. Então, nos dias do rei Oseias, xará do profeta, as dez tribos foram levadas para o cativeiro na Assíria.
O recado desse homem de Deus é uma mensagem para todo aquele que, por causa de algum sucesso, tem-se apartado do Senhor, desrespeitando Sua Palavra. A prosperidade, o êxito em qualquer área, sem o respeito ao Altíssimo, é um laço. Sem a graça divina, o coração do homem não suporta a tentação. Só mesmo os que servem a Deus verdadeiramente têm condições de se esquivar do pecado e não cair em transgressão. Para isso, Jesus nos ensinou a sempre nos firmar no que está escrito.
Oseias dizia a Israel que não se exultasse na sua prosperidade, pois esse não era sinal de que o povo estava bem espiritualmente. Que isso fique como lição para todos os que conseguem realizar-se na vida! Na verdade, o que mostra que estamos bem diante de Deus é o nosso temor à Sua Palavra. Quando deixamos de ler a Bíblia, de pautar a vida pelo que diz o Senhor, caminhamos para o adultério espiritual e o consequente cativeiro.
Ainda que suas riquezas aumentem, não ponha nelas o seu coração. Se você tem obtido sucesso, busque mais o Senhor, pois, após uma vitória, pode vir uma derrota. Não saia dos limites da Palavra. Fuja da cobiça, respeite todos os mandamentos, seja firme no que o Senhor fala nas Escrituras. Aceitar a glória do homem, agir pelo que diz o coração ou considerar-se melhor do que outrem é prostituir-se. Quem amar a praga da prostituição sairá da graça divina.
Devido ao seu erro, o povo não mais serviria ao Todo-Poderoso. O louvor que seria dedicado a Deus não seria aceito, a inspiração que o povo tivesse seria dele e para ele; além disso, não entraria na Casa do Senhor, e quem comesse do seu pão seria imundo (Os 9.4). Mesmo tendo insistido por décadas para que Efraim voltasse para seu Deus, Oseias não obteve sucesso. Então, como profetizou, os dias de castigo haviam chegado – dias da retribuição da sua loucura (Os 9.7). Por que eles não acordaram?
Não há como entender o porquê de muita gente estar se afastando de Deus. Por que as pessoas se deixam influenciar pela tentação, embora saibam que a Palavra adverte que o salário do pecado é a morte (Rm 6.23)? Se você tem sido influenciado por alguma tentação, livre-se dela agora, entrando na presença de Deus e confessando seus pecados. É melhor perder tudo do que a sua salvação. Corra, fuja, antes que os “assírios” o levem para o cativeiro.
Em Cristo, com amor,
R. R. Soares
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Pedido de oração

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...